Hemocromatose - Painel AMPLIADO Quatro Mutações

Neste painel AMPLIADO são realizados 4 testes: análise de 4 mutações do gene HFE (C282Y, H63D, E168X e S65C)
Ícone Material

TIPO E QUANTIDADE DE MATERIAL

4 ml de sangue em EDTA ou

2 tubos de células bucais em álcool

Ícone Prazo

PRAZO DE ENTREGA

30 dias

7 dias úteis (urgência)

Conteúdo relacionado

Hemocromatose - Painel AMPLIADO Quatro Mutações


Hemocromatose - Diagnóstico molecular

A Hemocromatose é um erro inato do metabolismo do ferro que resulta em absorção excessiva de ferro no intestino e depósito nos tecidos podendo levar à cirrose hepática, diabetes, cardiomiopatia e outras complicações. As manifestações clínicas são vistas principalmente em homens porque as mulheres são protegidas do acúmulo de ferro pelas menstruações.

A hemocromatose é a doença autossômica recessiva mais comum da espécie humana, afetando 1 em cada 200 ou 400 indivíduos na população geral. Por outro lado, a hemocromatose tem um tratamento extremamente simples baseado na retirada periódica de sangue por flebotomia.

Pela alta frequência da hemocromatose na população e pelo tratamento simples, tem havido propostas de que seja iniciada a triagem de toda a população masculina adulta para a detecção dos afetados e realização do tratamento preventivo.

O gene da hemocromatose é chamado HFE e dois alelos (C282Y e H63D) são responsáveis pelo problema em mais de 90% dos pacientes. Existem porém, outras mutações do gene HFE (E168X e S65C) que também podem estar envolvidas na hemocromatose.

O Laboratório GENE testa, pelas técnicas moleculares de PCR + Minisequenciamento de DNA, todas as mutações listadas acima para o diagnóstico da hemocromatose.

O médico e/ou paciente podem escolher:

1) Teste individual de apenas uma das mutações ou

2) Teste das duas mutações mais comuns - C282Y e H36D - responsáveis pelo problema em mais de 90% dos pacientes ou

3) Teste conjunto das quatro mutações: C282Y, H36D, E168X e S65C - Painel Ampliado

Marcação de Exame:

Solicite o atendimento personalizado de nossos consultores.

Material Necessário:

4 ml de sangue em EDTA ou 4 tubos de células bucais em álcool (coleta Indolor, segura, fácil, rápida e higiênica, podendo ser feita em domicílio, com kit especial fornecido pelo LABORATÓRIO GENE).